Subsede de Colíder protocola ofício na prefeitura para tratar da recomposição salarial


Ofício foi protocolado nesta sexta (07) e exige uma audiência com o prefeito em caráter de urgência

Publicado: 07/01/2022 16:17 | Última modificação: // :

Escrito por: Assessoria/Sintep-MT.

Sintep/Subsede Colíder

A presidente do Sintep subsede de Colíder, Edina Martins de Oliveira, protocolou nesta sexta-feira (07), na Prefeitura, um ofício solicitando, em caráter de urgência, uma audiência com o chefe do executivo municipal.

Na pauta de reivindicações a ser discutida com o prefeito, está a recomposição salarial de 33,23%, definida pela portaria Interministerial n° 10 de 20/12/21. Edina salienta que janeiro além ser o mês de recomposição do Piso Salarial, é também o mês da Data Base dos Profissionais da Educação da Rede Municipal de Colíder-MT, conforme previsto na Lei Municipal 2118/2008, que trata do Plano de Cargos, Carreiras e Salário.

Edina afirma que "a pauta já é de conhecimento do Executivo Municipal, pois foi aprovada e protocolada no início de dezembro de 2021; e que a categoria aguarda com grande expectativa a realização desta audiência”.

A sindicalista destacou que cobrou neste mesmo ofício que o prefeito encaminhe para a Câmara Municipal o Projeto de Lei, ainda no mês de janeiro, garantindo a todos os profissionais da Educação a atualização do Piso de 33,23%.