Presidente do Sintep-MT defende a revogação do Seletivo estadual durante agenda em Luciara


A defesa integra as reivindicações da categoria deliberadas no último Conselho de Representantes do Sintep-MT, em novembro

Publicado: 19/11/2021 18:44 | Última modificação: // :

Escrito por: Assessoria/Sintep-MT

Sintep/Luciara
Encontro em Luciara com trabalhadores da rede municipal e estadual no município

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (Sintep-MT), Valdeir Pereira, abordou durante atividade com profissionais da educação no município de Luciara (1.167 km nordeste da capital Cuiabá), quinta-feira (18/11) as complicações do Processo Seletivo para interinos, anunciado pelo governo Mauro Mendes.

A fala do presidente ocorreu na Assembleia Geral da categoria, no município, quando faziam o debate sobre os desafios dos trabalhadores da educação das redes municipal e estadual.  Os temas estão sendo recorrentes em todas as palestras realizadas nos municípios da regional Araguaia e Xingu, esta semana.

Para além dos esclarecimentos sobre a aplicação dos recursos do Fundeb e do processo de prefeiturização das escolas estaduais, o decreto nº 723/2020 (fechamento de escolas estaduais), do governo Mauro Mendes, também entrou na pauta os equívocos do seletivo na rede estadual.

Reprodução

“Estamos apontando que a Secretaria de Estado de Educação revogue esse procedimento, que sequer tem uma expectativa do quantitativo de vagas ofertadas. Além disso, há a vergonhosa cobrança da taxa de inscrição para trabalhadores, a maioria de contratados temporários da rede, que já sofreram com a suspensão dos pagamentos e do vínculo com as escolas, durante a pandemia”, disse.

Os equívocos do Processo Seletivo da rede estadual são destaques em denúncias e processos judiciais que apontam erros no edital. “Apesar do governo anunciar a correção das falhas constatadas, o edital ainda pode estar comprometido”, afirma. A defesa do Sintep-MT é para que o governo restabeleça a prática de anos anteriores, com contagem de pontos e garanta as contrações dos profissionais, já que no modelo tradicional não há custos para o estado, tampouco para os candidatos.

Sintep/Luciara

Durante as atividades em Luciara, o presidente do Sintep-MT acompanhou a cerimônia de posse da nova diretoria da subsede, que estará na gestão durante mandato complementar, até 29 de junho de 2022, com a presidência do educador Rodrigo Lopes.

A agenda de trabalho segue para Alto da Boa Vista onde o presidente Valdeir Pereira participa da abertura da Conferência de Educação, a ser realizada no município, na sexta-feira (19/11).