Alto Paraguai conquista o 14º salário com rateio das sobras do Fundeb


Projeto de Lei foi aprovado na Câmara Municipal após mobilização e acompanhamento dos trabalhadores da educação na tramitação do Projeto de Lei

Publicado: 22/12/2021 10:42 | Última modificação: // :

Escrito por: Assessoria/Sintep-MT

Sintep/Alto Paraguai
Profissionais da educação acompanharam sessão da Câmara Municipal para fazer a defesa pela aprovação do Projeto de Lei de rateio do Fundeb

A subsede do Sindicato dos Trabalhadores do Ensino Público de Mato Grosso (Sintep-MT), em Alto Paraguai, acompanhou a sessão extraordinária da Câmara Municipal, nesta terça-feira (21/12), no município, que votou pela aprovação do Projeto de Lei, que estabelece o rateio dos recursos excedente do Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação), para os profissionais da educação.  

O município deixou de aplicar a integralidade dos 70% destinados à valorização profissional, e o excedente, por direito, é dos profissionais da educação. A presidente da subsede do Sintep/Alto Paraguai, professora Márcia Araújo Gomes, acredita ser esta uma conquista da categoria, que cobrou do executivo municipal o repasse dos recursos, quando foi constatado que havia sobra em caixa, referente ao percentual de 70% do FUNDEB.

“Lutamos pelo rateio com os profissionais, que agora será repassado em forma de 14º salário”, disse ao destacar o empenho e participação da categoria que participou de mobilização no executivo e legislativo para assegurar o direito.